Nós-Unidade Popular (We-People's Unity) was a Galician left-wing Galician independentist political party. It was formed by the merger of Assembleia da Mocidade Independentista, Primeira Linha and other organizations. Nós-UP never gained any institutional representation. The party announced its selfdissolution in June 2015.

Property Value
dbo:abstract
  • Nós-Unidade Popular (Nós-UP) (Nosotros- Unidad Popular en castellano) fue una organización política de izquierda socialista que propugnaba la independencia de Galicia con respecto a España desde un punto de vista socialista. Fuera de Galicia mantuvieron relaciones con la izquierda abertzale del País Vasco, la CUP catalana o Puyalón de Cuchas, partido independentista de Aragón. Según figuraba en su página web, Nós-UP tenía implantación en Santiago de Compostela, La Coruña, Lugo, Orense, Vigo, Pontevedra, así como en otras comarcas gallegas. También aseguraba tener implantación en El Bierzo, territorio que, pese a estar integrado en la comunidad autónoma de Castilla y León, el nacionalismo gallego reclama como parte de la "nación gallega" al haber estado incluido en el Reino de Galicia hasta la división provincial de Javier de Burgos en 1833, habiendo en la actualidad zonas en las que aún se habla y se enseña el gallego en la educación primaria y secundaria. (es)
  • Nós-Unidade Popular (We-People's Unity) was a Galician left-wing Galician independentist political party. It was formed by the merger of Assembleia da Mocidade Independentista, Primeira Linha and other organizations. Nós-UP never gained any institutional representation. The party announced its selfdissolution in June 2015. (en)
  • Nós-Unidade Popular é uma organização política galega, de filiação individual, que admite a dupla militância e se posiciona nos parâmetros da esquerda independentista, revolucionária, antipatriarcal e defensora do galego como língua nacional da Galiza, defendendo a unidade linguística galego-portuguesa (reintegracionismo). Formou-se em 2001 pela união de organizações independentistas das comarcas, incluindo militantes da organização comunista Primeira Linha. Actualmente carece de representação institucional. A sua Assembleia fundacional (2001) teve lugar em Santiago de Compostela, capital da Galiza, a segunda (2003) foi na Corunha e a terceira (2005) em Ferrol. Publica a revista política Voz Própria, de carácter quadrimestral. Em 2004 apresentou-se às eleições ao Parlamento Europeu, e obteve 1331 votos na Galiza (0,12%) (2516 votos em todo o estado) e nas eleições autonómicas de 2005 obteve 1749 votos (0,12%). Dentre as suas campanhas, destacam as que periodicamente reivindicam a autodeterminação nacional da Galiza, a integridade territorial do país (incluídas as comarcas não reconhecidas pelo actual Estatuto de Autonomia da Galiza), a eliminação da simbologia franquista e a memória dos milhares de vítimas da ditadura na Galiza, além das de carácter sociolaboral. A sua filiação participa activamente nos principais movimentos sociais galegos (feminista, sindical, cultural, etc). (pt)
dbo:extinctionDate
  • 2015-06-25 (xsd:date)
dbo:extinctionYear
  • 2015-01-01 (xsd:date)
dbo:formationYear
  • 2001-01-01 (xsd:date)
dbo:headquarter
dbo:ideology
dbo:thumbnail
dbo:wikiPageExternalLink
dbo:wikiPageID
  • 5691734 (xsd:integer)
dbo:wikiPageRevisionID
  • 740367422 (xsd:integer)
dbo:youthWing
dbp:colorcode
  • red
dbp:leader1Title
  • General Secretary
dbp:merger
  • Primeira Linha and Assembleia da Mocidade Independentista
dbp:newspaper
  • Voz Própria
dbp:position
dbp:seats2Title
dbp:state
  • Galicia
dbp:studentWing
dbp:wing
dbp:wing1Title
  • Union affiliation
dct:subject
http://purl.org/linguistics/gold/hypernym
rdf:type
rdfs:comment
  • Nós-Unidade Popular (We-People's Unity) was a Galician left-wing Galician independentist political party. It was formed by the merger of Assembleia da Mocidade Independentista, Primeira Linha and other organizations. Nós-UP never gained any institutional representation. The party announced its selfdissolution in June 2015. (en)
  • Nós-Unidade Popular (Nós-UP) (Nosotros- Unidad Popular en castellano) fue una organización política de izquierda socialista que propugnaba la independencia de Galicia con respecto a España desde un punto de vista socialista. Fuera de Galicia mantuvieron relaciones con la izquierda abertzale del País Vasco, la CUP catalana o Puyalón de Cuchas, partido independentista de Aragón. (es)
  • Nós-Unidade Popular é uma organização política galega, de filiação individual, que admite a dupla militância e se posiciona nos parâmetros da esquerda independentista, revolucionária, antipatriarcal e defensora do galego como língua nacional da Galiza, defendendo a unidade linguística galego-portuguesa (reintegracionismo). Em 2004 apresentou-se às eleições ao Parlamento Europeu, e obteve 1331 votos na Galiza (0,12%) (2516 votos em todo o estado) e nas eleições autonómicas de 2005 obteve 1749 votos (0,12%). (pt)
rdfs:label
  • Nós-Unidade Popular (es)
  • Nós-Unidade Popular (en)
  • NÓS-Unidade Popular (pt)
owl:sameAs
prov:wasDerivedFrom
foaf:depiction
foaf:homepage
foaf:isPrimaryTopicOf
foaf:name
  • Nós-Unidade Popular (en)
is dbo:nationalAffiliation of
is dbo:wikiPageRedirects of
is dbp:motherParty of
is owl:sameAs of
is foaf:primaryTopic of