A Haitian Brazilian (Portuguese: Haitiano-Brasileiro, French: Haïtien Brésilien, Haitian Creole: Ayisyen-Brezilyen) is a Brazilian person of full, partial, or predominantly Haitians ancestry, or a Haitian-born person residing in Brazil.

Property Value
dbo:abstract
  • O ano de 2010 marcou o início da imigração haitiana no Brasil. A entrada dos haitianos via Tabatinga, no Amazonas, começou a ser notada em fevereiro de 2010, logo após o terremoto, que sacudiu violentamente o Haiti, e em particular a capital, Porto Príncipe. A catástrofe provocou a morte de mais de 150 mil pessoas e deixou cerca de 300 mil deslocados internos. A presença de haitianos no Brasil era quantitativamente inexpressiva até então. Segundo dados do IBGE, em 1940 viviam no Brasil 16 haitianos; em 1950 - 21; em 1960 -159; em 1970 - 90; em 1980 - 127; em 1991 - 141; em 2000 - 15; e em 2010 - 36 pessoas. Com a presença no Haiti da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti - MINUSTAH, comandada pelo Brasil desde 2004, os haitianos passaram a ver o Brasil como um ponto de referência. Após o terremoto de 2010, que desencadeou uma grande onda de emigração no Haiti, o Brasil passou a ser um dos destinos preferenciais dos migrantes, dada a dificuldade de entrada nos países de emigração tradicional (Estados Unidos, Canadá, República Dominicana, França, etc.). Atualmente cerca de 50 a 100 haitianos entram por dia no Brasil de maneira indocumentada, pelo estado do Acre. Em 2015 e 2016, por conta da crise político-econômica enfrentada pelo Brasil, muitos haitianos estão retornando para o Haiti, ou rumando para outros países, como Chile, Peru e Estados Unidos. (pt)
  • A Haitian Brazilian (Portuguese: Haitiano-Brasileiro, French: Haïtien Brésilien, Haitian Creole: Ayisyen-Brezilyen) is a Brazilian person of full, partial, or predominantly Haitians ancestry, or a Haitian-born person residing in Brazil. Haitian immigration to Brazil become a migratory phenomenon that gained large after the earthquake that rocked Haiti in 2010. The presence of Haitians in Brazil was negligible before the political instability that affected the country in 2004. Since then, the presence of military peacekeepers UN (mostly Brazilian), Haitians have come to see in Brazil a reference point, a fact that was reinforced after the disaster, which triggered the great migratory wave that started in 2010. (en)
dbo:language
dbo:populationPlace
dbo:religion
dbo:thumbnail
dbo:totalPopulation
  • 50000 (xsd:integer)
dbo:wikiPageExternalLink
dbo:wikiPageID
  • 33290187 (xsd:integer)
dbo:wikiPageRevisionID
  • 743692640 (xsd:integer)
dbp:caption
  • Haitian immigrants housed in makeshift accommodation in Brasileia in Acre in 2014 . Photo: Luciano Bridges / SECOM - Public Photos
dbp:relatedC
dct:subject
http://purl.org/linguistics/gold/hypernym
rdf:type
rdfs:comment
  • O ano de 2010 marcou o início da imigração haitiana no Brasil. A entrada dos haitianos via Tabatinga, no Amazonas, começou a ser notada em fevereiro de 2010, logo após o terremoto, que sacudiu violentamente o Haiti, e em particular a capital, Porto Príncipe. A catástrofe provocou a morte de mais de 150 mil pessoas e deixou cerca de 300 mil deslocados internos. Em 2015 e 2016, por conta da crise político-econômica enfrentada pelo Brasil, muitos haitianos estão retornando para o Haiti, ou rumando para outros países, como Chile, Peru e Estados Unidos. (pt)
  • A Haitian Brazilian (Portuguese: Haitiano-Brasileiro, French: Haïtien Brésilien, Haitian Creole: Ayisyen-Brezilyen) is a Brazilian person of full, partial, or predominantly Haitians ancestry, or a Haitian-born person residing in Brazil. (en)
rdfs:label
  • Imigração haitiana no Brasil (pt)
  • Haitian Brazilian (en)
owl:sameAs
prov:wasDerivedFrom
foaf:depiction
foaf:isPrimaryTopicOf
foaf:name
  • Haitian Brazilian (en)
  • (Ayisyen brezilyen) (en)
  • (Haitiano-brasileiro) (en)
  • (Haïtien Brésilien) (en)
is dbo:related of
is foaf:primaryTopic of